julho 29, 2011

GOIÁS CRED-ACREUNA-JANDAIA-CASTELANDIA-INDIARA

JANDAIA:GABRIEL E KARITA-(64) 8108-3931 INDIARA: ADAILSON: (64) 8139-4798
CASTELANDIA: ROSELI-(64) 92911903

julho 27, 2011

Policiais Militares da 5ª CIPM prenderam foragido da justiça de Brasília




De posse de um Mandado de Prisão da cidade de Brasília, uma equipe de  policiais militares, 3º sargento Lima, soldado Diogo e soldado Cláudia, prenderam na tarde de ontem um indivíduo que havia sido sentenciado  por roubo e condenado a 5 anos e 4 meses de reclusão pela justiça do Distrito Federal e que se encontrava foragido em Indiara.


Para não ser identificado como foragido, ele usava uma identidade falsa e trabalhava normalmente com seu irmão em uma loja denominada Eletrônica Satélite, onde foi encontrado e preso.

julho 24, 2011

Portador de esquizofrenia fere primos 22 de Julho de 2011

Após cinco horas de negociação, a Polícia Militar de Acreúna conseguiu deter F.B.M., 27, portador de esquizofrenia. Ele estava em uma fazenda, na zona rural da cidade. Segundo a polícia, ele teve um surto psicótico na noite de quinta-feira e desde então começou uma série de ataques, até mesmo contra os dois primos, que foram baleados por ele. F. ainda ateou fogo na casa do caseiro, matou diversos animais e se trancou em um cômodo, armado com duas facas. A abordagem só foi possível depois que a polícia usou gás de pimenta. Ele foi encaminhado para o hospital da cidade e deve ser internado.
Segundo relatos da família, o surto da noite de quinta-feira iniciou quando o rapaz pegou uma arma e ameaçou matar todos que estavam na casa. Vendo a atitude do filho, o pai foi até a cidade, acionou a polícia e pediu auxílio para os sobrinhos B.G.S., 21, e W.A.P., 20, que se dirigiram até a fazenda.
Ao chegarem lá, não encontraram F., nem a arma que ele teria pego, uma carabina calibre 44. Os dois seguiram em busca do primo que estava no meio do pasto, ainda nas dependências da fazenda. Ao ver o carro se aproximar, F. disparou três tiros contra eles. Um dos tiros acertou o braço de B. e o outro a mão de W., que até a noite de ontem passava por cirurgia para remoção do projétil. De acordo com o sargento Iraci Gonçalves da Costa, W. corre o risco de perder os movimentos da mão, já que a bala está alojada em uma área sensível. Os dois foram conduzidos ao hospital e não correm risco de morte.
Segundo uma amiga da família, F. toma remédios controlados desde pequeno e quando está sob os efeitos do medicamento é uma pessoa tranquila e divertida. De acordo com ela, o suspeito e a esposa teriam mudado a dosagem dos remédios por conta própria. “Eles resolveram trocar a dose do remédio sozinhos e não deu certo. Ele já tava descontrolado quando foi ao médico. O psiquiatra dele não estava e o outro que o atendeu mudou totalmente a medicação, aí ele ficou descontrolado, porque leva um tempo pra adaptar aos remédios de novo” afirmou. A amiga disse ainda que ele é uma pessoa de boa convivência quando está tomando os remédios.
O sargento contou que, depois de ter acertado os dois primos, F. saiu armado com uma faca e chegou a matar galinhas e porcos da fazenda. “Ele chegou a ferir um cão com uma facada nas costas. O bicho mal conseguia se mover. Mas a equipe fez o atendimento do animal, que está bem”, disse.
F. também ateou fogo na casa do caseiro, que ficou parcialmente destruída. Em seguida, ele se trancou em um tipo de galinheiro, portando duas facas. O sargento afirma que até um pastor foi chamado para conversar com o homem para tentar fazê-lo se entregar, mas F. ameçava todos que se aproximavam. “Foram mais de cinco horas de conversa, para tentar acalmá-lo e fazer ele sair de lá. Como não conseguimos, a única maneira que vimos de detê-lo sem machucá-lo foi o uso do gas de pimenta”, disse o sargento Flores. (Manoella Porto)


Fonte:  | Por: http://www.dm.com.br/#!/300204

POLICIAIS DA 5ª CIPM EFETUA A DETENÇÃO DE UM INFRATOR DE DUPLA TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA CIDADE DE ACREÚNA-GO

Conforme ocorrências nº 103 e 104/2011, segundo o Sr. P. M. seu filho F.P.M tem problemas mentais, apoderou de um facão dizendo que iria matá-lo. O pai conseguiu fugir e chegou a sede deste 3° Pelotão para pedir ajuda. Deslocamos com a vitima e uma ambulância para trazer o doente, mais o Sr. B. V. e W. em uma camioneta que é parenta do autor. Ao chegar ao local, o autor não estava, mais os moveis estavam todos revirados e jogados aos chão. No local tivemos a informação que havia uma carabina 44, escondida, mas o autor localizou a mesma e (06) seis munições, levando consigo. Pedimos que todos se retirassem pois ocorria risco, momento em que as vitimas foram com o Sr. Wesley a procura do outro lado da represa, de repente eles foram alvejados pelo F. P.M que estava  em uma mata fechada. Retiramos todos do local e informamos as autoridades competentes. O autor ficou no mato e as vitimas foram conduzidas até o Hospital Municipal, mas não corre risco de morrer.


Ao amanhecer, em continuação a Ocorrência n°. 103/11, pela manhã do dia seguinte (22/07/2011), foi acionado o Corpo de Bombeiro devido ao incêndio provocado pelo infrator (F. P. M), Capitão Santos Silva, respondendo pelo Comando da 5ª CIPM, deslocou juntamente CB Ledio (motorista) e CB Rocha (3° homem) RP-3267, para o 3° Pelotão (Acreúna) onde planejou com os militares Sgt Costa, CB Márcio Lima e CB Alves, a forma de atuar na fazenda onde já havia ocorrido uma dupla tentativa de homicídio. Deslocamos até o local supramencionado e deparamos com um incêndio na residência do vaqueiro, animais (galinhas, cachorros, porcos) estavam mortos, casas destruídas e o infrator adentrou em um cômodo da casa e demonstrou técnicas de guerrilha com instrumentos fabricados manualmente, perfuro-cortante, foi feito o cerco policial e o capitão iniciou a negociação, porém, sem lograr êxito, foram várias tentativas e técnicas para que o infrator se entregasse, tudo na presença de vários familiares, pastores e curiosos. Em determinado momento, o comandante da operação optou pelo adentramento após esgotar todas as possibilidades de negociação. Sendo assim, reuniu os policiais do teatro de operações e foi feito o adentramento na residência, momento em que o infrator de posse de armas brancas partiu para cima dos policiais e foi revidada a injusta agressão, onde conseguimos imobilizá-lo com o uso de espargidor de gás OC e bastões tonfas. Feito a detenção do infrator, foi colocado na prancha pelo corpo de bombeiro e imobilizado. O infrator foi conduzido para hospital e depois apresentamos o infrator a autoridade competente. Armas: carabine .44, facão e facas apreendidas. CGCOP e 8° CRPM cientes e as providências legais tomadas.

Arma usada na pratica do CRIME.

No chão dentro de um prato, sangue e varias moedas, galinhas e porcos mortos no chão e dependurados juntamente com uma cabeça de vaca (caveira)


O cachorro foi atigido com um golpe de faca na autura da costa, como pode ver.
Nas escritas no chão diz; "EU VOU MATAR SUA FAMILIA."

Fumaça do incendio.
Local onde o F.P.M ficou ate ser imobilizado.
Um leitão morto por F.P.M.
Mais um porco morto.

Visão Geral do local onde ficou escondido F. P. M.

Telhado destruido por F. P. M.
Inicio da escrita (Eu vou matar sua familia) e enxofre em torno da casa.

Muito Enxofre no chão e em volta da casa do pai de F. P. M.





Visão interna da casa do pai de F. P. M.




La ao fundo pode-se ver a casa do caseiro completamente destruida por F. P. M.




Equipe empenhada na operação.