domingo, 24 de julho de 2011

POLICIAIS DA 5ª CIPM EFETUA A DETENÇÃO DE UM INFRATOR DE DUPLA TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA CIDADE DE ACREÚNA-GO

Conforme ocorrências nº 103 e 104/2011, segundo o Sr. P. M. seu filho F.P.M tem problemas mentais, apoderou de um facão dizendo que iria matá-lo. O pai conseguiu fugir e chegou a sede deste 3° Pelotão para pedir ajuda. Deslocamos com a vitima e uma ambulância para trazer o doente, mais o Sr. B. V. e W. em uma camioneta que é parenta do autor. Ao chegar ao local, o autor não estava, mais os moveis estavam todos revirados e jogados aos chão. No local tivemos a informação que havia uma carabina 44, escondida, mas o autor localizou a mesma e (06) seis munições, levando consigo. Pedimos que todos se retirassem pois ocorria risco, momento em que as vitimas foram com o Sr. Wesley a procura do outro lado da represa, de repente eles foram alvejados pelo F. P.M que estava  em uma mata fechada. Retiramos todos do local e informamos as autoridades competentes. O autor ficou no mato e as vitimas foram conduzidas até o Hospital Municipal, mas não corre risco de morrer.


Ao amanhecer, em continuação a Ocorrência n°. 103/11, pela manhã do dia seguinte (22/07/2011), foi acionado o Corpo de Bombeiro devido ao incêndio provocado pelo infrator (F. P. M), Capitão Santos Silva, respondendo pelo Comando da 5ª CIPM, deslocou juntamente CB Ledio (motorista) e CB Rocha (3° homem) RP-3267, para o 3° Pelotão (Acreúna) onde planejou com os militares Sgt Costa, CB Márcio Lima e CB Alves, a forma de atuar na fazenda onde já havia ocorrido uma dupla tentativa de homicídio. Deslocamos até o local supramencionado e deparamos com um incêndio na residência do vaqueiro, animais (galinhas, cachorros, porcos) estavam mortos, casas destruídas e o infrator adentrou em um cômodo da casa e demonstrou técnicas de guerrilha com instrumentos fabricados manualmente, perfuro-cortante, foi feito o cerco policial e o capitão iniciou a negociação, porém, sem lograr êxito, foram várias tentativas e técnicas para que o infrator se entregasse, tudo na presença de vários familiares, pastores e curiosos. Em determinado momento, o comandante da operação optou pelo adentramento após esgotar todas as possibilidades de negociação. Sendo assim, reuniu os policiais do teatro de operações e foi feito o adentramento na residência, momento em que o infrator de posse de armas brancas partiu para cima dos policiais e foi revidada a injusta agressão, onde conseguimos imobilizá-lo com o uso de espargidor de gás OC e bastões tonfas. Feito a detenção do infrator, foi colocado na prancha pelo corpo de bombeiro e imobilizado. O infrator foi conduzido para hospital e depois apresentamos o infrator a autoridade competente. Armas: carabine .44, facão e facas apreendidas. CGCOP e 8° CRPM cientes e as providências legais tomadas.

Arma usada na pratica do CRIME.

No chão dentro de um prato, sangue e varias moedas, galinhas e porcos mortos no chão e dependurados juntamente com uma cabeça de vaca (caveira)


O cachorro foi atigido com um golpe de faca na autura da costa, como pode ver.
Nas escritas no chão diz; "EU VOU MATAR SUA FAMILIA."

Fumaça do incendio.
Local onde o F.P.M ficou ate ser imobilizado.
Um leitão morto por F.P.M.
Mais um porco morto.

Visão Geral do local onde ficou escondido F. P. M.

Telhado destruido por F. P. M.
Inicio da escrita (Eu vou matar sua familia) e enxofre em torno da casa.

Muito Enxofre no chão e em volta da casa do pai de F. P. M.





Visão interna da casa do pai de F. P. M.




La ao fundo pode-se ver a casa do caseiro completamente destruida por F. P. M.




Equipe empenhada na operação.


Nenhum comentário: