quarta-feira, 30 de maio de 2012

SERVIDORES RECEBEM SALÁRIO NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA COM REAJUSTE.



29/05/2012
Os servidores públicos, civis e militares, ativos e inativos além de pensionistas, cerca de 82 mil pessoas, vão receber o salário do mês de maio na próxima quinta-feira (31/05) com reajuste 9,59%, conforme projeto de lei do Executivo aprovado na Assembleia Legislativa no mês passado. O aumento é relativo à data-base da categoria, instituída no governo Marconi Perillo, em 2006, e que agora voltou a ser cumprida.


Este porcentual de 9,59% é o resultado da inflação medida pelo INPC, acumulada em 2011, de 6,08%, e do pagamento de duas parcelas da data-base do ano passado, de 1,68% (retroativo a maio de 2011) e de 1,60% (aplicado este mês). As outras duas parcelas da data-base do ano passado, ambas de 1,52%, serão pagas em 2012 e 2014, conforme pactuado com as entidades representativas dos servidores estaduais.


A revisão salarial anual dos salários dos servidores está prevista na Constituição Federal. Segundo o secretário de Gestão e Planejamento, Giuseppe Vecci, a intenção do Governo do Estado é cumprir a data-base dos servidores estaduais até o fim dessa gestão. Ele lembra que o aumento do salário do funcionalismo representará agora em maio um incremento extra de quase R$ 33 milhões na economia goiana.


No início deste mês, o Governo pagou, através de uma folha complementar, as diferenças salariais acumuladas de maio de 2011 até abril último, referentes à primeira parcela, de 1,68%, do reajuste de 6,47% da data-base dos servidores estaduais de 2011.

A revisão geral anual dos salários dos servidores estaduais relativa a 2012, levando em consideração o INPC do ano de 2011, de 6,08%, foi aplicada agora em maio. As disposições do projeto de lei não se aplicam à remuneração ou subsídios de cargo em comissão ou função comissionada e ainda aos servidores temporários.
Confira a matéria
em:http://www.segplan.go.gov.br/post/ver/134351/servidores-recebem-salario-de-maio-com-reajuste

terça-feira, 29 de maio de 2012

EM ACREUNA MAIS TRÊS FORA DAS ATIVIDADES CRIMINOSA, A PMGO É ATUANTE.




Em acreuna a Policia Militar da continuidade em suas ações para a elucidações das ocorrências, como o ocorrido no dia 27 para 28/05/2012, onde a equipe do 1º SGT MARTINS, CB WELINGTON e SD EUZEBIO atendeu a solicitação de furto e informou a equipe substituta composta pelo 2º SGT COSTA CMT da GU, SD VALDIQUE motorista da VTR-2355 e CB NUNES dia COPOM do 3º Pelotão, que de imediato efetuaram PTR e colhendo informações para chegar aos autores. Segundo as vitimas, se encontravam na praça da matriz por voltas das 21 horas, quando foram abordados pelos autores que chegou perguntando por horas e, anunciarão o roubo determinando que ambos entregassem os celulares. Momento em que a vitima B.A.S resistiu em entregar os aparelhos e foram ameaçados e autor W.C.M levou à mão a altura da cintura fazendo com que a vitima entregasse o aparelho. Segundo as vitimas, os autores disse “liga para policia, pois já marquei a cara de vocês, liga faz bastante barulho”.  Em Patrulhamento a equipe de policiais localizamos encontramos F.J.S.S que no momento da abordagem já informou que um dos aparelhos sem encontrava de sua tia, a equipe deslocou ate o endereço citado e apreendeu um dos aparelhos celulares. momento em que deslocávamos com o autor a GU deparamos com W.C.M., que informou que os outros dois aparelhos se encontravam com B.O.T. momento em que uma conselheira chegou à sede do 3º Pelotão acompanhando B.O.T e o mesmo devolveu um aparelho e informou que o outro aparelho se encontrava em uma residência carregando a bateria. A GU deslocou  até o local e efetuamos a apreensão do aparelho, todos foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil onde foram autuados.

terça-feira, 22 de maio de 2012

A origem estranha da moda de "calças caídas"

Pra quem não sabia a moda de usar calças caídas que virou febre no Brasil e no resto do mundo...
onde metade da cueca dos caras fica aparecendo, era uma tendência que nasceu nas prisões dos Estados Unidos.

Os presidiários que estavam digamos "receptivos" à manter relações sexuais com outros presos precisaram inventar um sinal que passasse despercebido aos guardas ou se não eles sofreriam alguma punição ou consequencia.

Diante da situação os presidiários lá das cadeias americanas que iam ter relações com outros, criaram esse tipo de código visual: quem usasse calças caídas abaixo da cintura, de modo a mostrar parcialmente as nádegas, demonstrava que estava disponível.
FONTE: http://www.exoticlic.com/2011/09/origem-estranha-da-moda-de-calcas.html

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Alerta a população sobre novo tipo de golpe!


O nome de uma instituição “Federação Nacional de Previdência Privada de São Paulo” está sendo utilizada para realização de golpes de estelionatários através de correspondências cuja notificação informa um número de processo falso e diz à vítima que ela seria beneficiária de um crédito bancário inexistente.
A vítima do golpe recebe esta notificação, via correio, assinada por um falso administrador judicial da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, com o timbre do Poder Judiciário Paulista e como remetente a Imprensa Oficial do Estado. O teor da carta diz que o recebedor seria beneficiário de um crédito referente ao resgate de um fundo de reserva constituído em conta previdenciária e apresenta um telefone para fazer contato.
É preciso estar atento ao fato de que os contatos entre o Poder Judiciário e as pessoas que possuem ações tramitando na Justiça são feitos por intermédio de intimação ou notificação entregues por oficiais de justiça, via correio — sendo que, neste caso, devem apresentar aviso de recebimento—, por meio de editais publicados no Diário Oficial ou através dos advogados das partes.
A Polícia Militar de Goiás alerta a população para a ocorrência de fraudes e recomendam que em caso de recebimento de cartas desse tipo, a pessoa entre em contato com a unidade cartorária que emitiu o documento para verificar a veracidade das informações ali constantes e, detectando a falsidade, comunique a polícia imediatamente.

FONTE: http://www.pm.go.gov.br/PM/index.php?p=PM+leia+noticia&link=2&id=51846

terça-feira, 8 de maio de 2012

Servidores que têm consignado de cartão devem renegociar débito.

A Superintendência da Central de Recursos Humanos da Secretaria de Gestão e Planejamento orienta os servidores estaduais que têm empréstimo consignado, na modalidade cartão de crédito, para procurar a instituição financeira em que efetuaram a transação. O motivo é a renegociação do saldo devedor em até 60 meses, com taxas de juros menores, iguais à de consignado normal.

Ao todo, 19.609 servidores utilizam essa modalidade de consignação, cujas operações foram suspensas pela Portaria 062/2012, baixada pela Segplan no dia 16 de abril último. Esses servidores poderão utilizar a sua margem de 10% consignável referente ao cartão de crédito para parcelar seus saldos. De acordo com a portaria, as instituições financeiras têm prazo de 60 dias para, juntamente com o tomador do crédito, adequar o recebimento do saldo remanescente do empréstimo em consignação.

A suspensão das operações com cartão de crédito se deve às elevadas taxas de juros cobradas nessa modalidade, que ultrapassavam 4,5% ao mês. Já no consignado com desconto na folha de pagamento, atualmente os juros cobrados pelas instituições financeiras são a partir de 1,35% ao mês.

No dia 16 de abril, 15 instituições financeiras foram suspensas temporariamente, por dez dias, de operarem com empréstimo consignado para servidores estaduais. A medida foi motivada pelo grande número de reclamações relacionadas ao não fornecimento do saldo devedor e à retenção da margem do servidor.

Todas as instituições financeiras já foram avisadas pela Segplan sobre a suspensão da operação do consignado com o cartão de crédito. Segundo o secretário Giuseppe Vecci, da Segplan, as medidas adotadas, tanto a suspensão temporária de algumas instituições financeiras como a operação com cartão de crédito, têm como objetivo preservar os direitos dos servidores estaduais.

Estamos buscando fazer com que o Governo do Estado, cada vez mais, intermedie uma melhor relação entre os servidores e o banco, em prol de se ter taxas e informações que possam atender às reivindicações dos servidores”, destaca o secretário.

FONTE:http://www.pm.go.gov.br/PM/index.php?p=PM+leia+noticia&link=2&id=51313