domingo, 12 de agosto de 2012

Rio Verde: Nova gestão no COPOM do 2º BPM chama a atenção da imprensa.

Rio Verde: Nova gestão no COPOM do 2º BPM chama a atenção da imprensa.



Foi iniciado um novo sistema de gestão no COPOM de Rio Verde. As mudanças que tem por objetivo trazer modernização, rapidez e eficiência à prestação dos serviços à população (formalização de boletins de ocorrência e investigação policial mais qualificada) para melhorar os resultados do atendimento 190. A readequação do efetivo do departamento inclui mesclar pessoas civis com policiais militares experientes na área.


Em parceria com a Secretaria de Administração da prefeitura e o SIEE, os comandantes da PM de Rio Verde criaram o Projeto Primeira Voz, que consiste no emprego de acadêmicos das diversas faculdades da cidade no atendimento telefônico 190. Todos eles passaram por um estágio, devidamente supervisionado por oficiais e praças, e hoje já desempenham eficiente atendimento ao público. todavia, continuam sob orientação, e sempre acompanhados por um policial militar.

Com uma média de 700 ligações diárias atendidas no serviço 190 e o controle das viaturas, a Polícia Militar decidiu implantar e centralizar as ferramentas de gerenciamento e desenvolvimento da sua área. O COPOM passou a ser coordenado por um oficial, que ficou com a responsabilidade de colocar o novo programa de gestão em prática. Após essas medidas, as reclamações sobre atendimento praticamente zeraram.

Impressionada com as medidas, a imprensa local publicou várias vezes esse conteúdo inovador, inclusive a nível nacional. Veiculou-se as entrevistas realizadas com o tenente coronel Wilmar Rúbens, que em sua fala afirmou que o objetivo foi “de reduzir custos de manutenção, melhorar desempenho e a rapidez de atendimento desenvolvendo novas tecnologias, como aliadas no combate ao crime. Não podemos perder nem para a violência e muito menos por falta de competência”.

Para o Comandante do 2º BPM, o principal objetivo do novo sistema de gestão é a prevenção de crimes, maior rapidez no atendimento ao cidadão, mais segurança nas ruas e todas as demais ações que são levadas a efeito pela Polícia Militar a fim de prevenir o cometimento de ilícitos penais ou de infrações administrativas sujeitas ao controle da Instituição.

O novo ambiente garante o funcionamento do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar), responsáveis pelo processamento das ocorrências diárias. Segundo Cap. Dias, coordenador do COPOM, os maiores benefícios da implantação do novo sistema foram o aumento de velocidade no atendimento e flexibilidade para desenvolver e operar novas soluções e a redução de custos, gerados a partir da integração das ferramentas e menor investimento em aquisição e manutenção.


Os rastreadores nas viaturas permite ao COPOM a visualização em tempo real da localização das viaturas, local da ocorrência, quanto tempo foi gasto para o deslocamento dessa viatura até o local solicitado. Todas as chamadas no 190 são gravadas para futuras averiguações ou reclamações, isso permite que o cidadão tenha um melhor atendimento, com maior rapidez.

Todo atendimento telefônico é checado e ouvido pelo coordenador a cada 24 horas, permitindo assim um melhor controle e posterior feedback com os atendentes. “O mais importante é que vamos ter maior controle sobre as operações policiais e como eles estão atendendo a população, isto nos permite um atendimento de qualidade aos Rio-verdenses”, completa o Capitão Dias.

Nenhum comentário: