janeiro 12, 2013

Homem é preso sob suspeita de ter atirado em grávida em SP.


Homem é preso sob suspeita de ter atirado em grávida em SP 11/01/2013 - 17h17 | da Folha.com Aumentar tamanho da letra Diminuir tamanho da letra Compartilhar Imprimir Enviar por e-mail Comente DE SÃO PAULO Um homem foi preso nesta sexta-feira (11) sob suspeita de ter matado a grávida Daniela Nogueira de Oliveira, 25. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e policiais ouvidos pela Folha, o homem é o principal suspeito de ter cometido o crime. Grávida morta em assalto será enterrada hoje na Grande SP Polícia divulga vídeo de suspeitos de balear grávida em SP Família doará órgãos de grávida baleada em assalto em SP Grávida baleada em São Paulo durante assalto tem morte cerebral De acordo com a SSP, ele foi reconhecido por testemunhas. Ontem, a polícia divulgou um retrato falado do suspeito. O homem foi levado à delegacia por se parecer com o retrato, segundo a polícia. De acordo com a polícia, os seis homens foram levados à delegacia por serem parecidos com o retrato falado divulgado ontem à noite. Daniela foi baleada logo após descer de um Ford Fiesta na frente do condomínio em que mora, na rua Osíris de Camargo, no Campo Limpo. Ela foi abordada por dois criminosos em uma moto, que atiraram nela e fugiram sem levar nada. Testemunhas disseram que ela estava deitada abraçada com a bolsa quando foi socorrida. Reprodução/Tv Globo Daniela durante exame; vítima estava grávida de nove meses quando foi baleada na cabeça O marido de Daniela viu o socorro a jovem pela janela do apartamento onde moram. "O tiro foi por pura maldade. Uma mulher no finalzinho da gravidez não oferecia aos bandidos nenhuma ameaça real", disse Jaime Pimentel Júnior, delegado plantonista do 37º Distrito Policial, no Campo Limpo. O porteiro de um condomínio próximo ao local onde o crime ocorreu, que pediu anonimato, disse ontem que as câmeras do residencial registraram parte da ação dos bandidos. "A polícia já pegou o material. Dá para ver os homens seguindo o carro dela em uma moto e, depois, um deles passa correndo", disse ele. Geraldo Morais, 45, presidente do Conselho de Segurança do Campo Limpo, diz que o bairro é calmo. Na semana passada, sete pessoas foram assassinadas no Campo Limpo, na primeira chacina do ano em São Paulo.Homem é preso sob suspeita de ter atirado em grávida em SP Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2013/01/11/homem-e-preso-sob-suspeita-de-ter-atirado-em-gravida-em-sp.jhtm



Nenhum comentário:

Postar um comentário