segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Vereador é preso com mais de duas mil munições irregulares, em Goiás

Político não tinha o porte do material achado em seu comércio, em Jandaia.
Cunhado também foi detido com quatro espingardas de uso restrito.

Vereador é preso com mais de 2 mil munições irregulares, em Jandaia, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
O vereador Edimar José de Oliveira (PMDB), deJandaia, no sul de Goiás, foi preso com mais de duas mil munições em condições irregulares em seu supermercado, no município que representa.  Segundo a polícia, ele não tinha o porte do armamento e parte dele era de uso restrito. O material foi localizado pela Polícia Militar após uma denúncia anônima.
A prisão aconteceu na sexta-feira (8). Poucas horas antes, o cunhado do vereador, Reginaldo Alves Souza, que trabalha na Câmara Municipal como operador de máquinas, também foi detido. Na casa dele, a PM encontrou quatro espingardas de calibres diferentes - todas de uso restrito - além de munição e uma arma de pressão.
Tanto o vereador, como o seu cunhado não tinham a documentação regulamentar do material. OG1 entrou em contato com o a
Material apreendido foi levado para a Delegacia de Jandaia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
dvogado dos suspeitos, mas ele não atendeu às ligações.
Segundo o escrivão da Delegacia de Jandaia, Luizmar Martins Arruda, os dois suspeitos prestaram depoimento, mas usaram o direito de permanecer em silêncio e só se manifestarem em juízo.
Após o flagrante, os dois foram levados para a Cadeia Pública de Jandaia, onde foram autuados pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, ambos previstos pelo Estatuto do Desarmamento. Se forem condenados, eles podem pegar de um a seis anos de prisão.

Nenhum comentário: