agosto 21, 2014

Passagem de Comando da 5a CIPM Indiara - GO.




Passagem de Comando da 5a CIPM Indiara, parabéns ao novo Comandante, Capitao Santos Silva e um bom trabalho a frente da sua nova empreitada... Ao Major Reginaldo o nosso abraço e agradecimento pelo trabalho desenvolvido em Indiara.

Operários sofrem acidente em obra de construção de ponte na GO-020

agosto 15, 2014

Identificação de vítimas será mais fácil do que no acidente da TAM


O fato de os corpos não terem sido carbonizados, como ocorreu em queda do voo 3054, facilita o trabalho do IML





A identificação da tripulação e dos passageiros do acidente aéreo que matou o presidenciável Eduardo Campos (PSB) deverá ser facilitado pelo fato de os corpos não terem sido carbonizados. Na manhã de quarta-feira, um jato executivo caiu em Santos, matando Campos e outras seis pessoas. Os corpos estão no Instituo Médico Legal (IML) de São Paulo.
A opinião sobre a identificação dos corpos é do médico legista Antonio Rosis, 66 anos, que era diretor do Núcleo de Odontologia Legal do IML durante a apuração do acidente da TAM — em 2007, o voo 3054 saiu de Porto Alegre rumo a São Paulo e ultrapassou o fim da pista 35L do Aeroporto de Congonhas durante o pouso, matando carbonizadas 187 pessoas. Rosis aposentou-se do IML em 2012.
— Mas ainda choro quando lembro do fato — comentou.
Rosis lembrou que a retirada de amostras de corpos carbonizados para identificação é bem mais difícil do que de restos mortais que não foram queimados.
— O processo de identificação de uma vítima se constitui em uma série de exames, como DNA, arcada dentária e outros itens — explica o médico.
O médico acrescenta que, na época do acidente da TAM, em 2007, o resultado dos testes de DNA demoravam pelo menos 50% mais de tempo do que hoje.
— Somando os fatos das vítimas de terem sido carbonizadas, serem em um pequeno grupo e dos exames de identificações terem avançado, eu concluo que o trabalho dos peritos será bem mais rápido do que foi no caso TAM — apostou.
Prazo para identificação
O IML não tem prazo para identificação dos corpos, informou a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. Desde as 20h de quarta-feira, os peritos do órgão trabalham na identificação dos corpos das sete vítimas do acidente. Uma equipe de 30 profissionais recebeu as partes dos restos mortais, que vieram do local em que o avião caiu, em Santos. Além dos exames de DNA, os peritos estão tentando identificar os restos mortais pelas roupas que usavam durante a viagem — por meio de fotos tiradas da comitiva. E também de documentos encontrados nas roupas de pedaços de corpos.
Delegado regional da Polícia Civil em Santos, Aldo Galeano afirma que a previsão é de que os corpos sejam liberados para o velório daqui a dois ou três dias. O policial acredita que o voo ocorria normalmente, uma vez que o piloto notificou que estava fazendo o retorno para pousar. Galeano ressalta que o piloto direcionou o avião à única área livre no meio de várias construções:
— Talvez ele tenha tentado salvar alguma vida com isso.
Acidente aéreo matou sete pessoas
Candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos morreu na manhã de 13 de agosto, em um acidente de avião em Santos, no litoral paulista. A queda da aeronave, que ia do aeroporto Santos Dumont (RJ) ao aeroporto de Guarujá (SP), matou outras seis pessoas — dois assessores, um fotógrafo, um cinegrafista e dois pilotos.
Nascido em Recife (PE) em 1965, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Henrique Accioly Campos era o terceiro colocado na corrida presidencial, atrás de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Campos era neto e herdeiro político de um dos mais influentes líderes da esquerda nacional, o também ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes. Casado há mais de 20 anos com a economista Renata Campos, o candidato deixa cinco filhos, com idades entre 21 anos e cinco meses.
Com a morte de Campos, o nome da vice em sua chapa, Marina Silva (PSB), despontou como favorito. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em caso de falecimento de candidato, o partido do substituído tem de pedir o registro da nova candidatura em até 10 dias. O prazo conta a partir do fato que motivou a substituição.

agosto 12, 2014

Policiais da 5ª CIPM prendem três indivíduos após roubo em fábrica de tijolos



o dia 12/08 por volta das 14:00 horas na cidade de Edéia-GO, as equipes do 2º pelotão da 5ª CIPM, viatura 6567 composta pelo cabo Serafim, soldado Rios, viatura 5783 composta pelo cabo Aurelio e soldado Guimarães e  viatura 5782 composta pelos soldado Eurípedes e soldado Kennedy prenderam três indivíduos sendo dois maiores e um menor de 17 anos em um veículo Citroen C4 Pallas de cor preta que acabara de roubar uma fábrica de tijolos no distrito da Cerâmica deixando as vítimas amarradas.
Com os suspeitos foram encontrados o dinheiro roubado, aproximadamente 11.000,00 reais em dinheiro, 05 aparelhos celulares, 01 revólver calibre 38 com 06 munições intactas, 01 carabina calibre 22 com 07 munições intactas e 09 munições de calibre 7.65 intactas.
Os indivíduos foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil da cidade de Edéia onde foram autuados em flagrante.

FONTE:pmgo

agosto 04, 2014

No dia 03 de Agosto de 2014, por volta das 23h30min, a Equipe composta pelo 1º Sargento Costa e Cabo Gomes, em abordagem a um veículo Peugeot cor preta, em atitude suspeita que trafegava pela cidade de Indiara, efetuaram a apreensão de aproximadamente 15 Kg de Cocaína e três pistolas 9mm. 

A princípio, na abordagem foi encontrada apenas uma pequena porção de cocaína, onde os ocupantes do veículo, um homem e uma mulher, diziam ser apenas usuários de drogas. Graças ao tirocínio policial dos PMS, foi realizada uma busca veicular minuciosa, sendo encontrado nos forros das portas, 12 tabletes de cocaína e as pistolas. Momento em que foi solicitado apoio a outra guarnição PM, composta pelo 1º Sargento Ramilson e 3º Sagento Elizeu, para o término da ocorrência. 

Foi dada voz de prisão aos acusados, que foram encaminhados à autoridade competente. Segundo os autores, o tóxico e as armas seriam transportados até a cidade de Barreiras, estado da Bahia. 

Fonte:PMGO